segunda-feira, 30 de setembro de 2013

O afilhado foi agradecer ao padrinho

Realmente é um fenómeno para figurar nos manuais de Ciência Política. O Independente Paulo Vistas conquistou Oeiras suportado por um movimento de amigos que apoia(va) Isaltino Morais, que entretanto está preso na Carregueira, mas que apesar do percalço, tentou concorrer às Autárquicas a partir da cela. Apesar do impedimento, Isaltino não deixou de receber os louros como se de facto tivesse conquistado a autarquia, numa manifestação brega à porta da prisão. Este povinho não aprende mesmo!

[info: Público]

Rescaldo das Autárquicas 2013

Os grandes vencedores das eleições autárquicas foram sem dúvida os candidatos independentes. Estão na moda, e a Constituição está, por enquanto, do lado deles. O PS superiorizou-se ao PSD mas a diferença entre mandatos não foi expressiva. Nestas eleições confirmou-se que os partidos do arco governativo foram bastante penalizados, quer em coligação quer a solo. Aliás, os resultados do CDS são medíocres, um pouco à imagem do seu líder como político. A CDU também obteve uns resultados interessantes, recuperando algumas câmaras e reafirmando-se o PCP como terceira força política neste País. O Bloco de Esquerda perdeu a única câmara que tinha, e confirma-se quase a sua certidão de óbito como partido. A Abstenção foi semelhante à das eleições de 2009.

[info: Público]

memento

"Logo que na ordem económica não haja um balanço exacto de forças, de produção, de salários, de trabalhos, de benefícios, de impostos, haverá uma aristocracia financeira, que cresce, reluz, engorda, incha, e ao mesmo tempo uma democracia de produtores que emagrece, definha e dissipa-se nos proletariados."  Eça de Queirós

domingo, 29 de setembro de 2013

Crazy world


O que é que comunidade científica ocidental tem a dizer sobre este "fenómeno"? Se é que quer comentar...

[info: Público]

Até que as próximas legislativas os separe!


Cavaco Silva tem razão. Este Governo exânime só depende de Cavaco Silva. Mesmo que a sociedade portuguesa exerça o seu direito de cidadania e vote em massa (nas autárquicas) noutras forças políticas que não aquelas que governam, mesmo que os resultados e a leitura nacional sejam altamente penalizadores para o PSD e o CDS, Cavaco decidirá sempre pelos portugueses (imporá até ao fim este Governo de iniciativa presidencial) e até por aqueles que se absterão de votar (por estarem descrentes e desconfiados dos políticos e das pobres alternativas que por aí abundam, porque não querem alimentar parasitas) que pensa ele e afirma-o "se não votarem, não têm depois autoridade para criticar".

[info: Público]

sábado, 28 de setembro de 2013

In excelso et alto reflexio


Miscelânea de variedades para animar e divertir no Dia de/da Reflexão.

[info: Público]

[mais info: Público]

Primeiro as primeiras coisas...


Público, na véspera de eleições

"Que se lixem as eleições, o que interessa é Portugal!". Era sobre este lema ou desígnio que, Passos Coelho, ou o seu vice-primeiro-ministro que é mais fluente, já deviam estar a explicar/preparar os portugueses sobre aquilo que já se fala em surdina, que circula por aí com insistência. Mas talvez lá para depois das eleições...

[info: Público]

[mais info: Público]

a preto-e-branco




torre de leitura

[© fotografia: carlos - Junho 2013, c/ filtro Instagram]



sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Uma realidade inconveniente


Andamos há décadas a viajar na maionese, a ignorar, a não querer enfrentar o problema de frente. O número de vozes que se têm levantado fazendo alertas, esbarram nos poderosos lobbies e nos seus interesses económicos. O planeta já não se regenera, está a envelhecer. A Terra urge em ser salva. É com seriedade que se tem de encarar este desafio de todos nós!

[info: Público]

[mais info: Público]

Longa vida ao Inimigo Público


nº 515

Uma década a fazer rir. Nunca o dispenso à sexta-feira. Parabéns!!!

[info: Público]

[mais info: IP]

à sexta é com brinde!


Victória Guerra

Lady Autumn

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

You suck!


O chumbo do Tribunal Constitucional põe em causa (mais uma vez) este Governo que (mais uma vez) quer passar por cima da lei. Este chumbo não põe a credibilidade deste País em risco, acentua é ainda mais a descredibilidade deste Governo que nos tem brindado com grande intensidade e excesso de enormes e ricos exemplos de como se tenta ludibriar, contornar, e viver à margem das leis.

[info: Público]

[mais info: Público]

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

É a economia paralela, burro!


A resposta colossal adequada à brutal subida dos impostos.

[info: Público]

O que tu queres sei eu!


Sugestão/Proposta indecente

[info: Público]

Alguém lhe diga que ele já está morto!


Já não sei distinguir se é por puro alheamento da realidade, se é para desviar as atenções por estarmos em vésperas de eleições autárquicas, que Cavaco Silva tem um discurso optimista em relação ao crescimento económico, quando confrontado com o cenário negro de um segundo resgate.

[info: jornal i]

sábado, 21 de setembro de 2013

Mais ameaças, mais pressão!


Isto já ultrapassou todas as fronteiras... Agora foi a vez de Mexia pôr-se no papel diácono e transmitir a homilia do Governo. O Tribunal Constitucional é que é mau! e por causa do Tribunal Constitucional é que estamos prestes a levar com um segundo resgate em cima. Epá, tenham dó!

[info: Público]

a preto-e-branco


a aurora

[© fotografia: carlos - Setembro 2013, c/ filtro Instagram]


sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Será que falava para ele mesmo?


Um discurso todo ele virado contra o próprio. É engraçado como eu consigo rever a figura de Paulo Portas nos avisos que ele faz às gentes de Alvaiázere sobre um certo tipo de político com um determinado perfil. Já para não falar do pormenor inconveniente "já saímos do fundo".

[info: Público]

à sexta é com brinde!


Nanda Costa

Fumar faz bem!



quinta-feira, 19 de setembro de 2013

"Portugal 2020"


(fotografia: Sebastião Salgado)

Realmente, estradas já temos até à Índia, e do jeito que o Ensino vai... escolas para quê?! Podem começar a afiar as garras e a salivar por 2014!

[info: Público]

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Estão mesmo a gozar connosco!


Será que o FMI pretende ressarcir esta nação arruinada pelos danos, estragos e prejuízos causados pelos cálculos e políticas erradas, pela velocidade sem freio de terceiros?

[info: Público]


La famiglia


Lavagem de dinheiro através de favorecimento de empresas ligadas ao grupo.

[info: Público]

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Never ending story


O discurso optimista dá nisto. Andam-se a enganar a eles próprios e a enganar-nos. Andam a esconder, a esconder, a protelar, a protelar... uma realidade bem mais dura que faz de nós reféns da troika por muitos e largos anos. Para quando será anunciada a renovação do contrato? Novo resgate, novos sobressaltos cívicos!

[info: Público]

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Raiva é global


Anda-se tudo a "espumar" perante as injustiças. Pior será quando se chegar ao ponto que não dá para conter tanta raiva junta.

[info: Público]

David Foster Wallace - ensaios



Uma edição única em todo o mundo, disponível para coleccionadores a partir de 11 de Outubro 2013.

[info: blogue Quetzal]

memento

"É próprio da estranha condição humana que toda a vida pudesse ter sido diferente do que foi."  José Ortega e Gasset

sábado, 14 de setembro de 2013

Resquícios de uma silly season atribulada


Peer Steinbrück, candidato ou potencial ex-candidato a chanceler pelo SPD alemão. (capa da revista Süddeutsche Zeitung Magazin).

[info: Público]

???Porquê???

A notícia leva-me a fazer imediatamente a pergunta "porquê?", fazendo recordar aquele apelo feito por algumas individualidades em torno da "destruição" do Colégio Militar, que passa na televisão.
Os documentos dos swaps foram destruídos quando não tinham de ser. Alguém, alguns, foram favorecidos com este desaparecimento... Está à vista de qualquer um. Investigue-se e apurem-se responsabilidades!
[info: Público]

a preto-e-branco


EUA vs. World: Big brother is watching you!

[© fotografia: carlos - Junho 2013, c/ filtro Instagram]


quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Não é uma teoria da conspiração!


Uma realidade cada vez mais próxima sobre um objectivo que tem vindo a ser trabalhado, ajustado, conciliado e combinado pelas próprias elites económicas numa mega-concertação. Não creio que caia no exagero de acrescentar que se trata de uma trama a nível mundial, em que a principal vítima será a Europa, restando apenas a Alemanha isolada.

[info: Público]

Realisticamente desfasados da realidade

Este Governo com contas e previsões não combina. Já se percebeu, quase desde o início em que tomou posse. A juntar a isto, o drama da realidade do País que este Governo (que padece de autismo) nunca perceberá, nunca entenderá, e nunca compreenderá. Quando falam em "definir metas" é sinónimo de muito perigo. 

[info: Público]

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

12 anos...


(fotografia: Kate Weisberger)

Porque há coisas que não se devem (nunca) esquecer.

Já a formiga tem catarro


Os "recadinhos" subtis prosseguem (desta vez, provenientes de um acabadinho de formatar. Um ministro-formatadinho, leia-se). A pressão intensifica-se em redor do Tribunal Constitucional. As ameaças à sociedade tornaram-se um mau hábito!

[info: Público]

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Burocracia fatal


Perdem-se em preciosismos, em "testes", em ensaios... enfim, discussões da treta. Enquanto na Síria o número de mortos aumenta, a todo o instante.

[info: Público]

Fartos deles! (em jeito de editorial também)


A "ambiguidade legislativa" fez correr muita tinta, tornando-se numa novela com contornos burlescos e caricatos, e termina da pior forma sem dignidade nenhuma: em escândalo!
A "lei anacrónica", se bem que roça o ditatorial, até me faz um favor. Para além de ver muita pouca televisão por não haver muita liberdade de escolha, da pouca que vejo não necessito de ser inundado a todo o instante de lixo de propaganda política. Aliás, propaganda política já ando a ver e a ouvir há vários meses, sem querer. Vou votar, e estou bem documentado acerca dos candidatos, historiais, programas, etc. da minha "área". Não preciso de auxílio.

[info: Público]

[mais info: Público]

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Isto está tudo a melhorar!


Pode estar tudo a ruir à volta, mas o Governo, e nomeadamente Passos Coelho, mantém um discurso de optimismo... É optimismo para aqui, é optimismo para ali... Cambada de psicopatas que nos governam!
Pensões de indigência... perdão! de sobrevivência até 419(!) sobrevivem a corte.

[info: Público]

memento

"A vida contrai-se e expande-se proporcionalmente à coragem do indivíduo."  Anais Nin

sábado, 7 de setembro de 2013

a preto-e-branco


ex-combatente agrícola

[© fotografia: carlos - Julho 2013, c/ filtro Instagram]

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Fica sempre bem um bocadinho de populismo

Honestamente, não sei o que deva pensar acerca destas declarações. Na primeira impressão até achei uma boa medida, mas no entanto também acho que é uma tentativa de colagem à Alemanha. Cá para estes lados, Passos Coelho não deve achar a ideia nada atraente. Mas, talvez Cavaco Silva tenha uma palavrinha a dizer, nomeadamente no que toca à agricultura. Para concluir: creio que a criação de um salário mínimo europeu é uma coisa irrealizável, até megalómana. Dada a conjuntura e os moldes da União Europeia.

[info: Público]

Grande cacicada!


Está aberta a temporada de caça aos currais eleitorais!

[info: Público]

à sexta é com brinde!


Andressa Urach

Treinamento de bumbum

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Apoiando a segregação


Eu, trabalhador-contribuinte e pai de um adolescente a frequentar o ensino público, sou obrigado a apoiar automaticamente a ideia calhorda de Nuno Crato: do Estado financiar o lucro privado, facultando capitais para colégios particulares. E isto nada tem a haver com apoios sociais a alunos carenciados, que isso é só fachada!

[info. Público] 

Foram passear à Bélgica


Após o chumbo por parte do Tribunal Constitucional da "requalificação" do Estado, Paulo, ao contrário de Pedro que exibiu um comportamento público execrável, manteve a postura e soube estar à altura da nega do TC, apesar do lacónico comentário: "encontraremos alternativa", garantiu que assim seria... Entretanto, viajou para Bruxelas mais a sua querida Albuquerque, mas aparentemente a viajem foi em vão, pois Paulo esqueceu-se em Lisboa das alternativas que teria de apresentar à Comissão Europeia para a flexibilização do défice. Acontece a todos este tipo de lapsos. Mas Portas, ao chamar a si mais responsabilidades, quando exigiu ser vice-primeiro-ministro, para passar de irrevogável para revogável, não pode chegar a Bruxelas armado em turista.

[info: Público]

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Questiúncula ridícula


Enquanto os EUA, a Comunidade Internacional, a ONU, a Rússia, etc, etc, discutem a questão se o regime sírio usou ou não usou armas químicas para exterminar compatriotas, mais sírios - crianças, velhos, mulheres, inocentes, vão sendo abatidos a mando de Bashar al-Assad (fora os outros que morreram anteriormente fulminados ou não por armas químicas). Essa questão torna-se ridícula, até quase anedótica, pela urgência de uma intervenção seja por que meios for, mas que evite a todo o custo mais morticínio, mais carnificina. 

[info: Público]

[mais info: Público]

O reverso da moeda


Está estória das negociatas swaps também tem o outro lado: a instituição bancária que clama que foi vítima da gestão danosa e ruinosa da parte das empresas do Estado, e que tentará sugar, chupar, aspirar, extrair, extorquir, subtrair, tudo o que lhe for possível para que o banco saia do processo o menos prejudicado possível. Ainda vai correr muita tinta no mundo das swaps.

[info: Público]

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Uma vulgaridade


O que Carlos Tavares quer é sacudir as responsabilidades do escândalo das swaps. Não é novidade para ninguém que a supervisão de tais negócios não é do pelouro da CMVM e sim do BdP, mas, existem indicadores, há troca de informação, há mecanismos que permitem alertar para o risco dos negócios. É triste que Carlos Tavares apenas tenha umas série clichés para acrescentar a este processo. Também não é satisfatório o seu auxílio. Também não vale tudo para safar o coiro, dando ares de incompetente... Há certas comissões de inquérito que são uma perda de tempo, uma banalidade e uma trivialidade.

[info: Público]

[mais info: Público]

[mais info: Público]

O Puxa-Saco



Há quem se preste a este obséquio, a este tipo de diligências ou de serventias, que é o papel do puxa-saco. Claro que é naturalíssimo e é normalíssimo ter o direito de criticar, pois vivemos tooodooos em democracia. Mas será assim tão normal o chefe de governo criticar insistentemente e abusivamente, em público, o Tribunal Constitucional, chegando ao ponto da falta de respeito?! E vir agora o chefão dos advogados dar-lhe força nas ameaças que tem feito, na pressão e na chantagem que tem desenvolvido... Isso também é normal?!... Isto já vale tudo? Tudo se permite? Onde é que está o bom-senso e a decência? O exemplo?...

[info: Público]

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Problemas de comunicação

Chega a ser penoso ouvir os apelos lancinantes de certos membros do Governo aos juízes do Tribunal Constitucional. Depois de Passos, chega a vez de Machete, que até tem lá o filho no elenco do TC e deverá estar a fazer o chamamento à "cria". O todo-poderoso ministro dos Negócios Estrangeiros afirma que "o diálogo não tem sido estabelecido da maneira que seria mais desejável", não se tendo em conta a "situação gravíssima do País". 
Realmente reconheço que tem havido problemas de comunicação entre o Executivo e o TC. Passos Coelho e seus pares não sabem lidar com uma nega. Em consequência disso tornam-se incomodamente persistentes, chegando a ser excessivamente mal educados, faltando ao respeito ao TC. Rui Machete tem razão numa coisa: o País está numa situação gravíssima - na qual ele próprio contribuiu generosamente. Evoca o "princípio de boa-fé" (logo ele, convenhamos!). O problema da "sustentabilidade financeira" do Estado, que é "um valor sem o qual não há Estado que garanta direitos". Isto é mesmo conversa para boi dormir... O Estado já quase não garante nada. O Estado está na bancarrota! Quanto tempo é que falta para pedirem o 2º resgate? Será uma questão de horas? de dias? de meses? Quanto tempo a adiarem o inevitável? Tenha o Governo bom-senso e deixem-se de pieguices!

[info: Público]

Experimenta e verás!


Passos Coelho está a fazer uma "birra" tremenda devido ao chumbo do Tribunal Constitucional. Ele faz chantagem, ele faz ameaças, pressionando e coagindo o TC e os portugueses. A última ameaça que fez foi expor a sua fantástica capacidade para não anunciar uma medida, mas adiantando logo que essa mesma medida que não existe terá um preço mais elevado. Passos Coelho e o seu governo precário andam há muito tempo a esticar a corda... Este é o momento dessa corda partir!

[info: Público]

memento

"A vingança procede sempre da fraqueza da alma, que não é capaz de suportar as injúrias."  François La Rochefocauld